Ressincronizadores cardíacos

Ressincronizadores cardíacos

O que são e como funcionam os ressincronizadores?

O ressincronizador cardíaco, também conhecido como marcapasso multissítio, é um tipo especial de marcapasso indicado para o tratamento de alguns tipos de insuficiência cardíaca. O principal objetivo do uso desse dispositivo é melhorar a eficiência muscular do coração por melhorar a sincronia de contração das células do coração.

O ressincronizador atua por meio de eletrodos que são cuidadosamente colocados do lado direito e do lado esquerdo do coração e são indicados principalmente para paciente que apresentam insuficiência cardíaca (coração fraco) e bloqueio do ramo esquerdo. Por emitir impulsos no ventrículo direito e esquerdo, esses dispositivos melhoram o sincronismo de contração do coração e faz com que o músculo cardíaco trabalhe de forma mais coordenada e tenha melhor rendimento.

Do ponto de vista do paciente, a cirurgia para implante do ressincronizador é bastante semelhante ao do marcapasso convencional. Com os desenvolvimentos tecnológicos, a cirurgia pode ser feita na maioria absoluta das situações com um corte de aproximadamente 5 cm na região superior do tórax sem a necessidade de abrir o peito, pois os eletrodos são posicionados no coração guiados por Rx por meio de uma veia que passa na região próxima a clavícula.

Diversos estudos já evidenciaram que a terapia de ressincronização pode levar a melhora substancial dos sintomas, a aumento da força de contração do coração e a redução da chance do paciente morrer por falência do coração.

Clínica Visum - Av. Barão do Rio Bramco, 3231. Sala 301. (Rio Branco esquina com Benjamin Colluci) - Juiz de Fora - MG

(32) 3025-0040

PALAVRAS MAIS BUSCADAS

marcapasso juiz de fora, avaliação de marcapasso, médico de marcapasso em jf, ressincronizador, cardiodesfibrilador, CDI, tratamento de arritmias, Implante de marcapasso, ablação por cateter, arritmias cardíacas.

(32) 98892-5051

(32) 99142-3313

  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • YouTube

©  2020 por CardioECG / Cardiologia e Marcapasso.